top of page
  • nathaliapaganin8

Desvendando Custos Hospitalares Ocultos

Uma Visão Estratégica para Aumento da Eficiência em Áreas Críticas Hospitalares por Meio da Interoperabilidade


Quando falamos sobre a gestão de um hospital, muitas vezes nos concentramos nos aspectos brilhantes da medicina moderna - os avanços tecnológicos, os milagres cirúrgicos e medicamentos para doenças até então incuráveis. Mas há um outro lado nessa história: os desafios invisíveis que os gestores enfrentam todos os dias, aqueles que pesam no orçamento e na consciência.


Você já parou para pensar em quanto dinheiro seu hospital pode estar perdendo sem que você perceba? O tema aqui não são grandes somas que desaparecem de uma hora para outra, mas sim o gotejar constante de recursos que se perdem em processos ineficientes e práticas ultrapassadas.


Da mesma forma que a Revolução Industrial destacou a importância de identificar gargalos operacionais e solucioná-los com o auxílio de máquinas, na era da saúde 4.0, é crucial avaliar três aspectos fundamentais para estancar o escoamento de recursos: processos repetitivos que podem ser automatizados, procedimentos burocráticos que demandam simplificação e tarefas humanas que poderiam ser eficientemente executadas com o suporte de softwares. Dentre os aspectos a se mapear, há desafios comuns que impactam tanto o orçamento quanto a qualidade do atendimento da maioria dos hospitais.


DESPERDÍCIO DE RECURSOS MATERIAIS EM PROCESSOS INEFICIENTES

Um dos principais desafios na gestão hospitalar é o desperdício de recursos. O uso excessivo de papel, por exemplo, não só representa um custo financeiro significativo, mas também um impacto ambiental negativo. Além disso, as glosas, que são correções em faturamentos devido a erros ou discrepâncias, podem afetar o fluxo de receita e resultar em perdas financeiras. Indo ainda mais além, nos deparamos com gastos gerados pelos EPIs, muitos EPIs usados exclusivamente para processos burocráticos, como, coleta de dados do paciente à beira leito na UTI. Isoladamente esses custos podem parecer pequeno, mas podem são um gasto constante e facilmente corrigido.

IMPACTO DOS ERROS MÉDICOS

MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS

SISTEMAS LIMITADOS

ALOCAÇÃO INEFICIENTE DE MÃO DE OBRA

EVENTOS ADVERSOS

A gestão hospitalar enfrenta desafios com custos ocultos que vão além da aquisição de recursos. Para superá-los, é essencial uma abordagem holística que atenda aos interesses de todos os envolvidos no hospital. A promoção da interoperabilidade e da digitalização em áreas críticas é um passo crucial, colocando a eficiência e a inovação no centro das operações.

Investir em plataformas de interoperabilidade e práticas de digitalização otimiza recursos, reduz custos e melhora a qualidade do atendimento. Reconhecendo e abordando esses custos ocultos, os hospitais podem transformar desafios em oportunidades, garantindo um futuro onde a excelência no atendimento ao paciente é a norma. Esta visão estratégica permitirá aos hospitais alcançar eficiência hospitalar integral.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Automação para uma Saúde Baseada em Valor

A automação não é meramente uma tendência tecnológica, ela se revela como um elemento essencial para a transformação profunda e sustentada dos sistemas de saúde. Para gestores hospitalares, a busca po

Comments


bottom of page