Tansformação Digital Hospitalar

Atualizado: 27 de jul.

Como preparar seu hospital para a transformação digital na saúde, 5 passos para um hospital integrado, automatizado e preparado para a saúde do futuro.



Ah a tecnologia, um mar de inovação pronto para ser explorado, mas são tantas as possibilidades que fica fácil se perder. As dicas abaixo não são regras, mas sim, uma bússola para você iniciar o processo de transformação digital no seu hospital.


Dica n.º 1 - conectividade é a melhor infraestrutura


O primeiro passo para entrar no mundo digital, é estar conectado à internet, parece óbvio e muito simples, mas é preciso tomar alguns cuidados, por se tratar de um ambiente de risco é ideal ter uma conexão segura ou Rede Privada Virtual - VPN, que criptografa e mantém a a rede e todos os dados ligados à ela em segurança.


Também é crucial que a rede de internet alcance todos os ambientes do hospital, uma boa equipe de TI pode ajudar, mas tenha em mente que a estrutura do hospital é fator determinante na distribuição desta rede, prédios muito antigos podem precisar de roteadores Wi-Fi, enquanto prédios mais novos podem optar por cabos nas principais áreas.


Dica n.º 2 - mapeando processos


Encontre os pontos de atenção do seu hospital, verifique áreas com processos demorados que poderiam ser automatizados, ciclos viciosos, e procedimentos de alto risco que exigem máxima atenção. Um bom exemplo é a coleta de dados à beira leito, um processo demorado, repetitivo e numa área que exige máxima atenção, e que pode facilmente ser substituída pela plataforma Orchestra que automatiza em 100% este registro, além de enviar os dados diretamente para o prontuário eletrônico.


Liste todos os pontos que encontrar por ordem de prioridade, leve em conta fatores como economia, eficiência e segurança do paciente, em contrapartida é importante verificar as etapas necessárias para corrigir o problema encontrado ou otimizar o processo identificado, como por exemplo, a instalação de uma rede de internet mais segura, aquisição de computadores, entre outros.


Dica n.º 3 - moderno não quer dizer novo


Ao pensar em transformação digital a primeira coisa que pensamos é "quanto isso vai custar?", mas fique tranquilo, o mais moderno nem sempre é o mais novo, são raras vezes em que será necessário trocar os equipamentos ou a rede de internet para se adaptar à digitalização, antes de se desesperar ou optar por substituir tudo o que já usa no seu hospital e que o seu corpo clínico está habituado, leve em conta os fatores a seguir:

  • Pode se conectar à internet, seja via cabo ou wireless?

  • Funciona plenamente, sem apresentar falhas no sistema ou no equipamento?

  • É escalável, ou seja, posso fazer um upgrade sempre que necessário?

Se sua resposta para as perguntas acima foi sim, significa que os sistemas e equipamentos que utiliza atendem os principais fatores para a digitalização, mas se você respondeu não para alguma das perguntas dê uma olhada na dica nº4 antes de tomar uma decisão definitiva.


Dica n.º 4 - peça ajuda aos universitários


Já sabemos por onde começar, já sabemos o que precisamos fazer, e o que não devemos fazer, mas e agora, como fazer?


Startups e Health Techs trabalham dia após dia para criar novas soluções e tecnologias para a saúde, mas existem centenas delas e é importante ter um norte, evitando assim gastos desalinhados com os objetivos, então pegue o mapa que montou com a dica nº 2 e é hora de pesquisar, encontre empresas que ofereçam as soluções para os problemas e necessidades que listou, a boa notícia é que muitas delas trabalham de maneira integrada, assim ao contratar uma solução, provavelmente você receberá instruções claras sobre os próximos passos e quem pode te ajudar com eles.


Se seu hospital conta com uma equipe de TI reduzida, ou se você não tem afinidade com tecnologia o ideal é procurar uma consultoria, isto com certeza vai reduzir o tempo e direcionar as decisões de maneira certeira, mas nem sempre é a opção mais econômica, vale a pena fazer uma boa pesquisa de mercado e contar com uma segunda opinião.


Precisa de ajuda com sua pesquisa? A Carenet fez uma pesquisa de empresas com as soluções mais procuradas pelos hospitais referência em saúde e eficiência, e a lista está na dica bônus.


Dica n.º 5 - hospital integrado, equipe integrada


De nada adianta um hospital com os melhores equipamentos e sistemas se sua equipe não estiver pronta para atuar com essas soluções. Invista em treinamento, incentive a interação com ferramentas tecnológicas e implemente processos virtuosos, sua equipe com certeza vai preferir utilizar ferramentas que automatizam processos a realizar tudo manualmente, mas para quebrar um ciclo vicioso exige tempo e dedicação.


A maioria das Startups e Health Techs oferecem junto aos serviços e produtos, um treinamento, vale a pena dispor de um curto tempo do seu time para garantir que tudo seja utilizado da melhor maneira possível.


Questione sobre plataformas de aprendizagem, manuais, canais de atendimento e familiarize sua equipe com os meios apresentados para que tirem suas dúvidas.



dica bônus


Como prometido, abaixo há uma lista das soluções mais buscadas por hospitais referência em saúde e eficiência e empresas que oferecem serviços e produtos correspondentes.


Soluções e Health Techs envolvidas diretamente com a transformação digital na saúde:


Integração dos Equipamentos com o Prontuário

A plataforma Orchestra da Carenet integra todos os equipamentos da UTI e Centro Cirurgico diretamente com o prontuário eletrônico do paciente, enviando dados em tempo real sem necessidade da anotação à beira leito.

Ficha Anestésica Digital

Central de Controle das Áreas Críticas

 

Agora que você já sabe por onde começar, faça parte da transformação digital na saúde, participe do Webinar Hospital do Futuro e tire todas as suas dúvidas sobre tecnologia na saúde.